Segunda fase do DF Alfabetizado começa nesta semana

O Governo do Distrito Federal prevê que até 2014 o número de analfabetos no DF seja zerado pelo programa. Até o fim do ano, 10 mil pessoas devem estar formadas. O programa DF Alfabetizado é uma parceria com o programa do governo federal Brasil Alfabetizado. Estima-se que no Distrito Federal 65 mil pessoas são analfabetas ou analfabetas funcionais.

O programa de erradicação do analfabetismo, DF Alfabetizado, entra na segunda fase. A partir desta semana, turmas das zonas rurais e urbanas com alunos entre 15 e 80 anos passarão a se familiarizar com o mundo das letras. A previsão é de que, como houve a inscrição de aproximadamente 2 mil pessoas, sejam formadas 157 turmas.

Os alunos são formados por voluntários treinados pela Secretaria de Educação. Eles passam por todo processo de formação, assim como é feito com os alunos das séries iniciais.

Após o término da alfabetização, eles serão avaliados quanto ao nível em que se encontram e podem seguir para séries mais avançadas, caso queiram prosseguir nos estudos.

A previsão é de que a próxima etapa de inscrições seja no início do próximo semestre, com a matrícula de novos voluntários e, logo em seguida, dos alunos. A seleção dos interessados é feita pelas coordenações e regionais de ensino público e por movimentos sociais, que procuram a rede pública de ensino. As turmas estão distribuídas pelas cidades de Ceilândia, Paranoá, Itapoã, Sobradinho, Planaltina, Recanto das Emas, Taguatinga e Cidade Estrutural.

fonte: http://www.df.gov.br